CAMILOEduardo Adilson Camilo Pereira

Doutor em História, especialização em História de África, pela Universidade de São Paulo (USP) – Brasil.

E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 


UNIDADE ORGÂNICA

  • Departamento de Ciências Sociais e Humanas

REGIME DE TEMPO NA INSTITUIÇÃO

  • Tempo Inteiro

ÁREA DE INVESTIGAÇÃO E ENSINO

  • História de Cabo Verde, História contemporânea, Mobilizações política, propriedade da terra

TESE DE DOUTARAMENTO E DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

  • “Política e cultura: as revoltas dos Engenhos (1822), de Achada Falcão (1841) e de Ribeirão Manuel (1910)”

GRUPO DE INVESTIGAÇÃO

  • Cátedra Amílcar Cabral-UNICVRevista Sankofa-Universidade de São PauloCentro de Estudos Afro-asiáticos da Universidade Cândido Mendes-Rio de JaneiroCentro de Estudos Africanos-Universidade Federal de Minas Gerais-Brasil

PROJECTOS DE INVESTIGAÇÃO

  • Cabo Verde: entre uma civilização ocidental e uma civilização agrícola (1822-1851)Pós-Doutoramento – Universidade Federal de Minas Gerais-Brasil

ÁREAS DE INTERESSE

  • Mobilizações políticasElites políticasPropriedade da terraRegime de trabalhoRevoltas dos rendeirosMovimentos de resistências culturaisFestas e credo religioso

SELECÇÃO DE PUBLICAÇÕES

ARTIGOS CIENTÍFICOS

  • PEREIRA. E.(Junho de 2006). “O significado de 13 de janeiro para a história de Cabo Verde”. In: Jornal Terra Nova, n. 353, p.5.
  • PEREIRA. E.(Jan-Dez 2008). “Cultura de resistência: as revoltas dos rendeiros dos Engenhos (1822) e de Achada Falcão (1841)”. In: Estudos Afro-Asiáticos, Ano 30, nos 1/2/3, p. 53-96. Disponível em: http://www.ucam.edu.br/institucional%5Cceaa%5Crevistas_todasssss.asp
  • PEREIRA. E.(2013). “Cabo Verde: Elites Coloniais e Lutas Partidárias na primeira metade do séc. XIX (1821-1841) ”. In: SANKOFA - Revista de História da África e de Estudos da Diáspora Africana/Núcleo de Estudos de África, Colonialidade e Cultura Política – Número X, Ano VI, Janeiro. São Paulo, NEACP, p. 129 – 149. Disponível em: https://sites.google.com/site/revistasankofa/sankofa-10
  • PEREIRA. E.( Jan- Abr 2012)."A celebração da festa de Corpus Christi em Cabo Verde e as mobilizações políticas". In: Estudos Afro-Asiáticos, Ano 34, nº 1, p. 127-147.
  • PEREIRA. E.(Novembro de 2013). “Cabo Verde: monopólio da terra, disputas partidárias e criação de um centro de civilização em Mindelo (1822-1851)”. In: Desafios: Revista Científica da Cátedra Amílcar Cabral, n.1, p. 217-251.
  • PEREIRA. E.(2013). “Reformas políticas e o regime da prefeitura em Cabo Verde da primeira metade do séc. XIX (1832-1834)”. In: SANKOFA - Revista de História da África e de Estudos da Diáspora Africana/Núcleo de Estudos de África, Colonialidade e Cultura Política – Número XII, Ano VI, Dezembro. São Paulo, NEACP, p. 99-124. Disponível em: https://sites.google.com/site/revistasankofa/sankofa-12
  • PEREIRA. E.(Julho-Dezembro de 2013). “Reformas políticas e o regime da prefeitura em Cabo Verde da primeira metade do séc. XIX (1832-1834)”. In: Fênix-Revista de História e Estudos Culturais, n. 2, Ano X, Vol. 10, p. 1- 20. Disponível em: http://www.revistafenix.pro.br/PDF32/ARTIGO_12_SECAO_LIVRE_EDUARDO_ADILSON_CAMILO_PEREIRA_FENIX_JUL_DEZ_2013.pdf
  • PEREIRA. E.(Dezembro de 2013). “Cabo Verde: lutas partidárias na primeira metade do séc. XIX (1821-1841). Revista de Estudos Cabo-verdianos, Número Especial. Atas do I Encontro de Reflexão e Investigação. Praia. Edições UniCV, p. 113-124.

LIVROS

  • PEREIRA. E.(2013). Política e cultura: as Revoltas dos Engenhos (1822), de Achada Falcão (1841) e de Ribeirão Manuel (1910). Praia: Imprensa Nacional.
  • PEREIRA. E.(2014). Política e cultura: as Revoltas dos Engenhos (1822), de Achada Falcão (1841) e de Ribeirão Manuel (1910). 2ª ed. revista e ampliada.Praia: Imprensa Nacional,

 

Pin It