Calendário de eventos

Flat View
Por ano
Vista mensal
Por mês
Weekly View
Por semana
Daily View
Hoje
Search
Pesquisar
Descarregar como ficheiro ICAL
“Fête de la Musique” volta à Praia através do Instituto de Língua Francesa da Uni-CV

festa-da-musica (1).jpg

Pelo terceiro ano, o Instituto de Língua Francesa (ILF) da Universidade de Cabo Verde realiza a "Fête de la Musique". O evento irá acontecer no dia 22 de junho, às 19 horas, na Praça Luís de Camões, no Plateau. O grande destaque da noite é a atuação do artista Ramiro Naka.

O princípio deste festival é que é gratuito e aberto a todos os estilos de música sem "nenhuma hierarquia de géneros e práticas " e a todos aqueles que desejam participar. Assim, promove a visibilidade e o acesso às práticas artísticas e culturais.

O evento contará com a atuação de novos talentos da Uni-CV, incluindo os estudantes da Casa da Música; o grupo coral do Liceu da Achada Grande; o grupo coral da Aldeia SOS de São Domingos; a atuação instrumental de Ivan Medina e Paulo Bango e, ainda, a atuação de Ramiro Naka.

Definindo-se como “Afro-latino”, natural de Guiné-Bissau, Ramiro Naka soube explorar a riqueza cultural do mundo musical. Casando sem complexo os ritmos africanos (que constituem o âmago das suas músicas) com o fado, o samba, a salsa e a rumba, Ramiro deu ao gumbé nacional um lugar de destaque na cena internacional. O seu à vontade, o seu humor e a cumplicidade que consegue de imediato estabelecer com o publico dão um sabor de magia à sua atuação.

Sendo um artista poliglota, Naka canta em três idiomas (Francês, Crioulo e Português). Foi cabeça de cartaz de Etnomusic, em Valência (Espanha) e dos “Rostros de la Francofonía março-junho de 2017” organizado pelo Instituto Francês de Valência. Naka apresentará o seu CD «Les Mots Français» lançado em 2017.

O Festival de Música, lançado em França em 1982, é um grande evento popular que permite a todos os músicos expressarem-se e serem conhecidos.

O princípio deste festival é que é gratuito e aberto a todos os estilos de música sem "nenhuma hierarquia de géneros e práticas " e a todos aqueles que desejam participar. Assim, promove a visibilidade e o acesso às práticas artísticas e culturais.

Desde o seu lançamento que a Festa da Música começou a ser exportada. É um sucesso internacional, um fenómeno de sociedade! Em 2016, mais de 120 países em todo o mundo participaram no Festival da Música.

O ILF já organizou este evento em 2015 e agora quer, em parceria com a Embaixada da França, retomar essa tradição francesa.

“Fête de la Musique” volta à Praia através do Instituto de Língua Francesa da Uni-CV

Descarregar como ficheiro ICAL

festa-da-musica (1).jpg

Pelo terceiro ano, o Instituto de Língua Francesa (ILF) da Universidade de Cabo Verde realiza a "Fête de la Musique". O evento irá acontecer no dia 22 de junho, às 19 horas, na Praça Luís de Camões, no Plateau. O grande destaque da noite é a atuação do artista Ramiro Naka.

O princípio deste festival é que é gratuito e aberto a todos os estilos de música sem "nenhuma hierarquia de géneros e práticas " e a todos aqueles que desejam participar. Assim, promove a visibilidade e o acesso às práticas artísticas e culturais.

O evento contará com a atuação de novos talentos da Uni-CV, incluindo os estudantes da Casa da Música; o grupo coral do Liceu da Achada Grande; o grupo coral da Aldeia SOS de São Domingos; a atuação instrumental de Ivan Medina e Paulo Bango e, ainda, a atuação de Ramiro Naka.

Definindo-se como “Afro-latino”, natural de Guiné-Bissau, Ramiro Naka soube explorar a riqueza cultural do mundo musical. Casando sem complexo os ritmos africanos (que constituem o âmago das suas músicas) com o fado, o samba, a salsa e a rumba, Ramiro deu ao gumbé nacional um lugar de destaque na cena internacional. O seu à vontade, o seu humor e a cumplicidade que consegue de imediato estabelecer com o publico dão um sabor de magia à sua atuação.

Sendo um artista poliglota, Naka canta em três idiomas (Francês, Crioulo e Português). Foi cabeça de cartaz de Etnomusic, em Valência (Espanha) e dos “Rostros de la Francofonía março-junho de 2017” organizado pelo Instituto Francês de Valência. Naka apresentará o seu CD «Les Mots Français» lançado em 2017.

O Festival de Música, lançado em França em 1982, é um grande evento popular que permite a todos os músicos expressarem-se e serem conhecidos.

O princípio deste festival é que é gratuito e aberto a todos os estilos de música sem "nenhuma hierarquia de géneros e práticas " e a todos aqueles que desejam participar. Assim, promove a visibilidade e o acesso às práticas artísticas e culturais.

Desde o seu lançamento que a Festa da Música começou a ser exportada. É um sucesso internacional, um fenómeno de sociedade! Em 2016, mais de 120 países em todo o mundo participaram no Festival da Música.

O ILF já organizou este evento em 2015 e agora quer, em parceria com a Embaixada da França, retomar essa tradição francesa.

Voltar