São duas alunas e dois alunos, da Praia e de Assomada, e terminaram o segundo ano lectivo. Foram escolhidos por terem bom aproveitamento e bom comportamento (na foto Admilson Almeida, Evna Gonçalves e Brúlio de Pina, com o seu professor de inglês Robert Sarwark). 

estudantes_eua.jpg

Partem, esta semana, para os Estados Unidos (EUA), a fim de frequentarem um semestre na Bridgewater State College, e prometem aproveitar, ao máximo esta oportunidade, no sentido de aumentarem a sua capacidade de falar fluentemente a língua inglesa.

Segundo Bráulio de Pina, de Lém Cachorro, aluno com a segunda melhor nota da turma, “esta é uma grande oportunidade de estar lá onde se fala o inglês, para aumentar a capacidade, a experiência e os conhecimentos sobre essa língua”. Durante os próximos quatro meses, vai contribuir para estreitar os laços de amizade existentes entre a Bridgewater College e a Uni-CV, que tem como objectivo a formação e capacitação de alunos e professores.

Na bagagem, espera trazer dos EUA, maior experiência e mais competências, que poderá vir a compartilhar com os seus colegas.

Evna Gonçalves é de Assomada e acredita que esta viagem está-lhe sendo proporcionada não só pela nota, mas também pela avaliação feita ao seu trabalho enviado para os EUA.Encara como “super boa” a iniciativa deste programa com a Bridgewater College e tudo vai fazer para aproveitar o intercâmbio não só com os alunos dos outros países, com quem vai conviver nos próximos quatro meses, como também com os nativos dos Estados Unidos. O aperfeiçoamento do seu inglês, sobretudo falado, vai ser a sua preocupação principal, até porque pensa continuar os estudos para poder fazer um mestrado em língua inglesa. Admilson Almeida, também de Assomada, partiu com a esperança de trazer valor acrescentado desta viagem. Desde o princípio, empenhou-se para ser escolhido, durante os testes realizados para o efeito, quando se preparava para representar bem Cabo Verde. E acha “muito importante” essa cooperação da Uni-CV com a Brigdewater College, porquanto dá aos jovens estudantes cabo-verdianos de língua inglesa a possibilidade de aperfeiçoar o inglês nos EUA.

Pensa, por isso, regressar mais capacitado para continuar os estudos em Cabo Verde e, posteriormente, ensinar o inglês.

Recorde-se que, a nível do mestrado em Estudos Ingleses, três estudantes partiram, também hoje, para os EUA, onde, na Bridgewater State College, vão estudar durante um ano lectivo e preparar-se para o trabalho final do curso.

 

Pin It