iniciacaocientificaregresso
FORAM RECEBIDOS CALOROSAMENTE, MOSTRARAM-SE MOTIVADOS E JÁ SE PREPARAM PARA O TERCEIRO CONGRESSO.


Hoje, 07 de Outubro, ocorreu a primeira reunião com os estudantes da Uni-CV que participaram, este ano, da terceira edição do Programa de Iniciação Científica (PIC) em universidades federais brasileiras com apoio da CAPES. Regressaram no dia 4.


Alegres e cheios de entusiasmo, dois participantes deram depoimentos espontâneos da experiência enriquecedora que vivenciaram, destacando sobretudo o intercâmbio cultural e académico entre Brasil e Cabo Verde.


 Os professores Marcelo Galvão, Vice-Reitor e supervisor do programa; Silvestre Baptista, presidente da Comissão para gerir a terceira edição do PIC, e os membros representantes do DECM – Henrique Rendall Évora e Mara Abu-Raya, deram as boas-vindas aos alunos e anunciaram para os dias 21 e 22 de Novembro o III Congresso de Iniciação Científica da Universidade de Cabo Verde. Neste evento, os alunos farão exposição dos trabalhos realizados nas universidades que os acolheram, dividindo com colegas e professores resultados parciais das investigações desenvolvidas.


Fernanda de Brito, estudante na Escola de Negócio e Governação (ENG), ressaltou que o Programa de Iniciação Científica lhe proporcionou uma valorosa oportunidade de interagir com estudantes e professores da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Diante do interesse dos brasileiros pela realidade cabo-verdiana, a aluna apresentou um trabalho sobre a História de Cabo Verde. Assim, reafirmou Fernanda, trata-se de um programa que traz ganhos para os dois países.


Laurico Neves foi acolhido pelo Departamento de Ciências Exactas da Universidade Federal de Viçosa, em Minas Gerais. Segundo o aluno, além da qualidade académica desta reconhecida universidade de 85 anos, a calorosa recepção foi uma excelente surpresa.


Para terminar a reunião, o Vice-Reitor expressou o seu contentamento pela maturidade demonstrada pelos estudantes que souberam ultrapassar as dificuldades e valorizar a oportunidade que tiveram de participar da terceira edição do PIC. Expressou também agradecimento aos membros da Comissão, em particular ao presidente, pela dedicação, e os alentou a continuarem a se empenhar com afinco face aos trabalhos por realizar. Anunciou a intenção da Uni-CV de que os alunos que participaram das três edições do Programa auxiliem na criação de um Programa Endógeno de Iniciação Científica como um desafio que tinha sido lançado desde 2009 pelo Reitor de então e reiterado pelo actual Reitor. Disse que as linhas gerais que darão corpo ao novo PIC já estão traçadas e que a estrutura completa do programa com seu carácter endógeno deverá ser anunciada pelo Reitor, no momento certo. Adiantou, entretanto, que a ideia é que houvesse uma primeira fase na Uni-CV e os alunos seleccionados e com um excelente desempenho passassem à fase seguinte, continuada em universidades federais brasileiras, o que lhes daria mais condições para concorrerem com maior probabilidade de êxito aos programas de pós-graduação. “Os alunos da Iniciação Científica são as sementes do Programa que se fará aqui na nossa Universidade.” Com esta frase, o Professor Marcelo Galvão expressou a confiança que deposita neste Projecto e no que representa para a Comunidade Académica da Uni-CV.

 

Fotos: Salif Silva

Texto: Márcia Souto e Marcelo Galvão

Pin It