IMG_5795.JPG

Ao longo dos dias 30 e 31 de outubro, o auditório da Escola de Negócios e Governação da Universidade de Cabo Verde foi o epicentro do Iº Encontro Internacional da Rede Interdisciplinar de Pesquisa e Diálogos no Sul Global – Rede IntegraSUL – e do Iº Colóquio Interdisciplinar de Integração no Sul Global, intitulado “Territórios, Ambientes, Saberes, Educação e Políticas Públicas”. O foco foi socializar produções académicas interdisciplinares de pesquisadores/as, grupos de pesquisa e programas de pós-graduação que tenham no escopo de sua atuação estudos, projetos, pesquisas, cooperação no e com o Sul Global de modo a fortalecer o intercâmbio de saberes produzidos nesse espaço, bem como gerar publicações em rede para partilha de conhecimentos.

A Reitora da Uni-CV, Judite Medina do Nascimento, defendeu, no ato da abertura, que a responsabilidade das universidades é reconhecidamente importante e estas têm a responsabilidade de criar laços, cumprir o seu papel através do ensino, da investigação e da extensão universitária de transferência do conhecimento e das tecnologias para a sociedade, os governos e o setor privado. Por outro lado, a Reitora destacou o papel transversal de criar competências sociais e humanas naqueles que formam.

“Universidade de Cabo Verde agrega mais de 40% dos estudantes do ensino superior em Cabo Verde. Pela relevância e função que tem desempenhado na construção do saber e na formação de quadros em Cabo Verde, pelas relações que tem estabelecido com as universidades estrangeiras e instituições nacionais, pelo valor que tem criado através desses laços pode, sim, representar um exemplo de uma instituição que conseguiu capitalizar a cooperação em prol do desenvolvimento institucional”.

Esteve presente no ato da abertura do colóquio, a Embaixadora de Boa Vontade da Campanha UN Global Compact e ex-Representante da ONU-Habitat em Cabo Verde, Janice da Silva, que reafirmou que as mudanças climáticas e as desigualdades sociais representam um grande desafio existencial para o nosso futuro. “Por outro lado, devemos ser otimistas e pragmáticos, transformando a rápida urbanização, por exemplo, em oportunidade de desenvolvimento económico e de geração de riquezas paras a nossas cidades, vilas e bairros. As Universidades têm um papel crucial e central em todo o processo”.

Jacqueline Freire, representante da UFPA, explicou que a ideia é promover uma rede de integração internacional, que vai para além das regiões, a chamada cooperação Sul-Sul que vem alcançando laços em prol do desenvolvimento da pesquisa e do ensino superior. “O que nos interessa é a produção de conhecimento com pertinência social que repercuta e traduza a realidade de um mundo melhor”.

O diretor do Mestrado em Integração Regional Africana da Uni-CV, Odair Varela, defendeu que se Cabo Verde quer ser uma referência a nível regional tem de investir na qualidade do ensino e nas pesquisas académicas. Acrescentou: “há potencialidades na região que não estão a ser aproveitadas” e aconselhou o ensino do inglês e do francês de modo a potencializar as oportunidades de pesquisas.

A cooperação entre a Uni-CV e a UFPA iniciou-se em 2010 com curso de formação ao nível da pós-graduação em Segurança Pública. Desde esse período foram desenvolvidas várias parcerias como mobilidade académica, iniciação científica e programa de pós-graduação conjunta. 

O evento contou com a colaboração de parceiros nacionais e internacionais, como a Associação Internacional de Ciências Sociais e Humanas em Língua Portuguesa (AILOcsh), Universidade de Integração Internacional da Lusofonia Afro Brasileira (UNILAB) e Cátedra Unesco de Cooperação Sul-Sul para o Desenvolvimento Sustentável.

Iº Encontro Internacional da Rede IntegraSUL
Pin It