IMG_3766.JPG

A Universidade de Cabo Verde recebeu a Conferência Internacional sobre a “Governança Local e Urbana: tendências, desafios e inovações em um mundo globalizado” promovida pela Comissão de Geografia da Governança da União Geográfica Internacional (Internacional Geographical Union - IGU) de 4 a 7 de setembro, no auditório do Campus do Palmarejo.

O evento foi uma oportunidade para discussões interdisciplinares sobre um amplo espetro de pesquisas inovadoras no campo da Geografia da Governança Local e Urbana tendo como objetivo explorar e discutir as mudanças, os desafios e as inovações enfrentados pela Governança Local e Urbana em todo o mundo no contexto das novas agendas urbanas globais.

Durante o ato da abertura do evento a Reitora da Uni-CV, Judite Medina do Nascimento, avançou que as universidades, para além de formarem quadros em diversas áreas para a gestão e promoção de desenvolvimento territorial, são fonte do conhecimento científico e da inovação através da investigação. “A racionalização e o uso útil dos recursos do território são palavras-chave na procura da sustentabilidade. Por esse motivo, as universidades são chamadas a dar o seu contributo através da realização de estudos conducentes a cenários e soluções para os desafios do desenvolvimento territorial.”, afirmou a Reitora da Uni-CV.

A conferência também visou proporcionar a oportunidade de comparações entre municípios africanos e cidades africanas, bem como comparações com as de outras regiões do mundo, em particular no Sul Global.  

Por sua vez, o investigador José Maria Semedo referiu que essa Conferência permitiu que os investigadores conhecessem a cidade da Praia onde “existem grandes problemas de governança urbana”.

“Durante muito tempo prevaleceu o conceito de que o mundo é rural e que a cidade é uma espécie de cancro, de ferida que aparece. Hoje em dia, já não se aceita esse modelo de análise social”, frisou José Maria Semedo acrescentando que a cidade surge como um centro onde aparecem inovações.

A agenda do evento abordou diversos aspetos em torno de dois grandes temas principais: Governança Local e Urbana e as novas agendas urbanas globais com a finalidade de abordar e discutir novas tendências, inovações e desafios futuros no campo da governança local e urbana, independentemente da região ou do continente mundial.

O outro grande tema - Governança Local e Urbana na África - visou abordar e discutir questões específicas de governança no contexto africano com ênfase na história da governança local e urbana no continente, assim como na possibilidade de aprender com os africanos a experiência no campo da governança territorial. Esse tema permitiu explorar condições e processos locais e urbanos em África e implicações para a governança territorial.

A Conferência Anual de 2019 marca o 35º aniversário da criação desta Comissão da IGU como um Grupo de Estudo da IGU em 1984. A primeira edição em África aconteceu na Universidade de Cabo Verde.

Pin It