IMG_2501.JPG

No âmbito do Programa EMPREAMAR CV, a Universidade de Cabo Verde realizou uma formação de formadores a empreendedores, com ideias voltadas para o setor marítimo. A formação decorreu de 15 a 19 de julho, na sala de empreendedorismo da Escola de Negócios e Governação (ENG), no Campus do Palmarejo.

Ao longo de cinco dias, os empreendedores de quase todo o país, com ideias voltadas para o setor marítimo, tiveram uma semana intensa de formação que abordou tópicos como a motivação, o amadurecimento de ideias, oportunidades locais e validação de ideias, regime fiscal e questões jurídicas.

O Presidente da ENG, João Brito, durante o seu discurso de encerramento afirmou que muitos empreendedores desacreditaram nas suas ideias de negócio. “Na ENG vamos levar os empreendedores até ao fim, ou seja, não será apenas esta fase, só ficaremos felizes quando vermos o negócio a funcionar. Incansavelmente vamos apoiar até conseguir a fase do sucesso e, para isso, espero o engajamento da parte de todos”

Os empreendedores da 2ª fase do programa Empreamar Cabo Verde voltam a reunir-se na Cidade da Praia, em setembro, para apresentarem as suas ideias de negócio perante os empresários, investidores, comité do programa e outros convidados.

Candidatos selecionados na 2ª fase Empreamar CV iniciam formação em empreendedorismo

2fase_empreamar-cv.jpg

Os candidatos selecionados de diferentes ilhas começam a receber uma ação de formação em empreendedorismo, no âmbito do programa de empreendedorismo marítimo. No total foram 25 empreendedores que marcaram presença na formação que teve início nesta segunda-feira, 15, e prolonga-se até sexta-feira, 19 de julho, na Escola de Negócios e Governação, em Palmarejo.   

No ato de abertura, o Coordenador de Negócios da Embaixada de Espanha em Cabo Verde, Jaime Puyoles, considerou que com esta formação os formandos vão poder melhorar as suas ideias de negócios e colocar em prática os conhecimentos adquiridos durante a formação. “A economia azul está no centro da iniciativa do Empreamar CV”, avançou.

Por sua vez, a Vice-Reitora para Extensão Universitária e Reitora em substituição, Astrigilda Silveira, realçou que as atividades desta semana vão incidir numa ação de formação que visa, sobretudo, gerar e promover capacidades e habilidades empreendedoras, debruçando sobre 3 módulos, nomeadamente: a introdução à empresa, modelo de negócio, económico, financeiro e jurídico.

“Este programa enquadra-se no conceito da economia azul, que foi assumido pelo governo de Cabo Verde, para inserção do país nas cadeias de valor mundiais, expansão do acesso aos mercados e redução dos fatores de vulnerabilidade através da exploração de recursos marinhos e costeiros”, afirmou a Vice- Reitora.

Ao longo da semana serão levadas a cabo várias dinâmicas, desde o perfil do empreendedor, amadurecimento de ideias, à metodologia do design thinking, passando pelo plano de negócio, regime fiscal, questões jurídicas, até à sua chegada ao mercado. O objetivo final é gerar valor social e económico baseado no maior recurso natural endógeno, através de iniciativas de negócios.

O êxito desta iniciativa assegura a sua continuidade com novas fontes de financiamento e com a colaboração de novos atores. Atualmente, os sócios do programa Empreamar CV são: Universidade de Cabo Verde, INDP (Instituto Nacional de Desenvolvimento das Pescas), Universidade de Vigo – Campus do Mar e a Pró-empresa. A AECID e a Xunta de Galícia apoiam a iniciativa através de financiamento e apoio técnico e institucional.

Pin It