Conferencia-sobre-o-ex-campo-de-tarrafal.jpg

A Faculdade de Ciências Sociais Humanas e Artes (FCSHA) da Uni-CV e a Rede Parlamentar para a População Desenvolvimento (RPDP), aquando da celebração do dia da luta contra o fascismo, celebrada a 29 de outubro, realizou no Campus do Palmarejo uma conversa aberta com o objetivo de lembrar e contextualizar os 82 anos da criação do Ex-Campo de concentração e de dar a conhecer à comunidade académica aquilo que é a história desse monumento nacional.

O orador principal, historiador e presidente da RPDP, José Soares, debruçou-se sobre a história do Ex- Campo de Concentração, desde a sua construção até ao seu encerramento a 7 de julho de 1956 e também à sua reabertura no âmbito das guerras coloniais.

José Soares apresentou ainda a proposta de remodelação do Museu da Resistência do Tarrafal como um espaço turístico e com residências para historiadores e investigadores. A construção vai desde “a antiga caserna da PID até às antigas casas e ainda à entrada numa rua pedonal”, de modo a atrair também turistas e “alavancar a economia do município”. Segundo o mesmo, essa proposta vai ser apresentada às autarquias locais e ao Governo.

Por fim, desafiou os estudantes de História e de Gestão do Património a estudar e a investigar sobre o Antigo Campo de Trabalho.

Pin It