A convite da Reitora da Universidade de Cabo Verde, o Secretário do Estado Ajunto da Educação, Amadeu Cruz, esteve no passado dia 11 de abril, numa visita à Universidade de Cabo Verde, que se prolongou por toda a tarde, com o objetivo de discutir os grandes desafios da Uni-CV e do Governo de Cabo Verde para o Ensino Superior.

Na sua primeira visita à Uni-CV, após o empossamento da Reitora reeleita, o Secretário do Estado Adjunto para Educação elogiou o desenvolvimento alcançado pela  Universidade de Cabo Verde: “Temos que trabalhar com a Universidade de Cabo Verde, que já tem uma qualidade assinalável, com um reconhecimento e prestígio nacional e internacional assinaláveis, mas é preciso continuarmos a trabalhar no sentido de consolidarmos o sistema de ensino superior para melhorar a qualidade do ensino bem como da investigação, para proporcionarmos a internacionalização  de todo o sistema da Universidade Pública para podermos produzir recursos humanos em condições de servir a economia nacional, o desenvolvimento do país, mas também, para estarem ao serviço da humanidade”, destacou.

A visita iniciou no Plateau, na Casa da Musica/Gabinete de Comunicação e Imagem e incluiu a Escola Grande (Cátedra Amílcar Cabral, Instituto Confúcio, Casa da Ciência) e, seguidamente, o Campus de Palmarejo. No Campus, e após uma visita guiada à maioria dos laboratórios, o Secretário do Estado Adjunto afirmou que é esta foi uma oportunidade para conhecer de perto a Universidade de Cabo Verde, bem como os seus objetivos, anseios e ainda os desafios para o novo mandato que ora inicia, para se poder estabelecer, de forma conjunta, linhas de intervenção que possam ser consensuais de modo valorizar o ensino superior.

 “A Universidade de Cabo Verde é o símbolo da nação e tem de ter boas instalações, por isso, para além de ter instalações díginas, está em construção o Campus Universitário da Uni-CV, que vai acolher todas as Unidades Orgânicas sedeadas aqui na cidade da Praia”, quem diz é o Secretário de Estado Adjunto da Educação, acrescentando que “temos que trabalhar o modelo de financiamento do ensino superior, na ótica da sustentabilidade deste modelo, na ótica de maior equidade e justiça social e na ótica dos equilíbrios regionais”.

O SEAE apontou ainda outros desafios para o ensino superior como o alargamento do ensino superior a outras regiões, nomeadamente à ilha de Santo Antão e para o interior da Ilha de Santiago com a Faculdade de Educação e Desporto, recentemente criada, a ter a sua sede em Assomada e a Escola de Ciências Agrárias e Ambientais que tem a sua sede no interior de Santiago. “Estamos a trabalhar com a Universidade de Cabo Verde no sentido de termos em Assomada um Polo da Universidade de Cabo Verde, exatamente para atender às necessidades do interior de Santiago, nomeadamente nos domínios das Artes, Agricultura, Ciências Agrárias, Ciências Agropecuárias e  Pescas, numa perspetiva de consolidar o sistema de ensino superior, na sua vertente de qualidade e de sustentabilidade financeira, mas também na sua vertente de reorganização e sustentabilidade institucional.

 A Reitora agradeceu ao Secretário de Estado a sua visita oficial, pela primeira vez depois da tomada de posse como SEAE e realçou: “A nossa universidade tem vários desafios, um deles é dar resposta àquilo que são as necessidades do próprio sistema público, nomeadamente no plano nacional de desenvolvimento sustentável e no plano estratégico de desenvolvimento da educação nacional”.

Mais fotografias no flickr

“A Universidade Pública tem consciência das suas responsabilidades enquanto Universidade Pública, das suas responsabilidades sociais e responsabilidades públicas. “toda a academia está aberta àquilo que serão as melhores condições para que possamos construir a qualidade, tanto no ensino como na investigação e na extensão universitária”, apontou a Reitora da Uni-CV, tendo também frisado “queremos através do cumprimento da nossa missão, conseguir formar quadros cabo-verdianos altamente qualificados e com qualidade para que possamos enfrentar os desafios do mercado de trabalho”.

Visita do Secretário do Estado Adjunto da Educação

Pin It