Concluída a primeira etapa de Formação de Formadores em GeoGebra na Universidade Pedagógica de Moçambique para a Instalação do Instituto GeoGebra

PARCEIROSGEOGEBRAMOCANBIQUE.jpg

No âmbito da visita do Magnífico Reitor da Universidade Pedagógica de Moçambique (UPM) à Uni-CV, nos dias 11 e 12 de dezembro de 2017 do ano transato, foi assinado um protocolo de cooperação, com o objetivo de estimular a colaboração internacional baseada na assistência mútua.

O Projeto de Formação de Formadores em GeoGebra para a Criação do Instituto GeoGebra na UPM é o ponto de partida desta parceria.

A Universidade Pedagógica (UP) de Moçambique em parceria com o Instituto GeoGebra na Universidade de Cabo Verde (IGUni-CV), o Instituto GeoGebra de Portugal (IGP) – Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto (ESE-IPP), a Organização dos Estados Ibero-Americanos - Para a Educação a Ciência e a Cultura (OEI), a Junta da Andaluzia e o Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional de Moçambique, finalizou a primeira sessão de formação de formadores em GeoGebra.  

A ação de formação contou com a participação de 47 professores do ensino secundário e do ensino superior da Província de Maputo e decorreu entre 2 e 6 de abril de 2018.

Pretende-se com o projeto a criação de condições para a instalação do Instituto de GeoGebra na UP de Moçambique, uma das maiores universidades do país, com mais de cinquenta e cinco mil alunos, tendo entre as suas responsabilidades os cursos de formação dos professores. Esta primeira etapa integrou um curso intensivo de 40 horas de formação, que foi precedido de três sessões de formação online monitorizadas desde Portugal, Cabo Verde e Espanha. A terceira etapa será o Seminário Final a realizar no início de agosto na cidade de Maputo.

Os formandos participaram com muito entusiasmo antevendo-se um processo muito rico e que ajudará certamente a uma melhoria da aprendizagem e do ensino da matemática em Moçambique. Realça-se que a equipa reitoral da UP está muito empenhada na extensão deste projeto a outras províncias, estando os parceiros já a desenhar ações a desenvolver noutras regiões de Moçambique. Para a comunidade GeoGebra e do espaço da Comunidade de Países de Língua Portuguesa é um grande passo, visto tratar-se do segundo país africano a desenvolver um projeto desta natureza.

Nota-se, ainda, que a consultadoria que a Uni-CV presta a este projeto, através da Prof. Astrigilda Silveira, bem como o apoio da ESE-IPP, através do Prof. José dos Santos do IGP concretiza-se na missão de ambos os institutos em promover o uso do GeoGebra nos países lusófonos de África.

Não se pode deixar de mencionar o apoio demonstrado pela Embaixada de Portugal e de outros potenciais parceiros que o manifestaram à Sra. Diretora do escritório da OEI em Lisboa, Doutora Ana Paula Laborinho, na sua estada com a equipa de formação em Maputo. Estamos certos que noutros momentos teremos mais notícias interessantes para partilhar com a comunidade global do GeoGebra. 

Mais fotografias no flickr

Formação de Formadores em GeoGebra na Universidade Pedagógica de Moçambique para a Instalação do Instituto GeoGebra

Pin It