O Sintagma Nominal Através das Línguas: paralelismos entre o Português Brasileiro coloquial, o Português Europeu, o Cabo-verdiano, o Inglês, o Francês, o Mandarim e o Wapichana (língua indígena falada no Brasil), foi o tema da conferência realizada no dia 18 janeiro, pela Faculdade de Ciências Sociais, Humanas e Artes (FCSHA), no Auditório do Campus do Palmarejo.

A cerimónia da abertura foi presidida pela Presidente da FCSHA, Professora Doutora Cristina Pires Ferreira, na qual afirmou que as línguas, sejam elas inglesa, francesa, portuguesa, cabo-verdiana, são o negócio principal.

“Esta Faculdade de Ciências Sociais, Humanas e Artes tem nas línguas um enfoque particular, primeiro porque a massa estudantil está concentrada nas áreas das línguas, particularmente, a língua inglesa congrega o maior número de estudantes da nossa Faculdade; segundo, pela transversalidade que apresentam na Universidade de Cabo Verde; terceiro, porque temos investigadores que têm desenvolvido trabalhos que consideram ser de interesse em termos de pesquisa de conhecimento dos fundamentos do funcionamento das línguas. Outra componente da faculdade é melhorar a investigação em sala de aula com o objetivo de melhorar os processos de ensino-aprendizagem em sala de aula”, frisou a Presidente da FCSHA.

Em seguida, foi a vez da conferencista proferir a conferência numa interface sintático-semântica: a estrutura do sintagma nominal através das línguas para ajudar a compreender os princípios gramaticais universais que governam diferentes sistemas linguísticos, bem como os parâmetros específicos que os diferem e os tornam únicos.

Mais fotografias no flickr

Conferência "O Sintagma Nominal através das Línguas"

Pin It