A Universidade de Cabo Verde em parceria com o Camões - Instituto da Cooperação e da Língua inauguraram as instalações da Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa na Casa da Música, esta terça-feira, dia 10 de maio, no Plateau.

A abertura iniciou-se no auditório da Reitoria da Uni-CV em que participou a Reitora da Uni-CV, a Professora Doutora Judite Medina do Nascimento, a Presidente do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, Professora Doutora Ana Paula Laborinho, e a Diretora da Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa, Professora Doutora Amália Melo Lopes.

"Para nós este é um momento muito importante, porque estamos num momento de debate sobre a coexistência do português e do crioulo como línguas de Cabo Verde", afirmou a Reitora na conferência de abertura.

A Cátedra tem uma equipa permanente de quatro docentes: a Doutora Amália Lopes, o Doutor José Esteves Rei, a Doutora Maria de Fátima Fernandes e o Doutor Daniel Medina. A equipa está a trabalhar em quatro linhas principais de investigação: Linguística Descritiva Sincrónica: Descrição do Português em Cabo Verde; Ensino do Português como Língua Segunda em Cabo Verde; Leitura: Literatura em língua portuguesa e espaços físicos e sociais de leitura - a instituição literária em Cabo Verde; Pragmática Linguística do Português e Língua Portuguesa na Comunicação Social, Empresarial Institucional.

"É a nossa segunda Cátedra em África, o que aponta a maturidade do país para projetar o conhecimento útil do estudo da língua portuguesa", salientou a Presidente do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua.

A Cátedra tem como missão desenvolver a investigação e a reflexão crítica na área dos estudos sobre o Português, com o estatuto de Língua Segunda (L2) e Língua Estrangeira (LE); aprovar, coordenar e apoiar projetos de investigação em Linguística, Literatura, Didática, Cultura dessa língua e domínios afins como a Comunicação nela expressa; dinamizar a formação contínua de professores de Português, a nível do Ensino Básico e do Ensino Secundário; promover a cooperação com outras instituições de investigação, nacionais e estrangeiras, nos campos específicos de estudo; apoiar projetos de licenciatura, mestrado ou doutoramento; prestar serviços de assessoria e consultoria à comunidade.

"Trata-se de um espaço académico com natureza de centro de investigação e extensão de caráter disciplinar ou interdisciplinar, que promove a investigação, a formação e a extensão do conhecimento do Português Língua Segunda e Português Língua Estrangeira, nomeadamente nos campos da Linguística, Didática, Literatura, Cultura e Comunicação", explicou a Diretora da Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa.
A Cátedra, que que vai representar a quarta língua mais falada no mundo, encontra agora o seu espaço na Casa da Música com a inauguração da sua placa pela Reitora da Uni-CV e a Presidente do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua.

A Cátedra, que que vai representar a quarta língua mais falada no mundo, encontra agora o seu espaço na Casa da Música com a inauguração da sua placa pela Reitora da Uni-CV e a Presidente do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua.

montagem lancamento catedra eugenio

 

Uni-CV e Camões, I.P. inauguram Instalações da Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa

A Universidade de Cabo Verde e o Camões - Instituto da Cooperação e da Língua vão inaugurar as instalações da Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa (CET-LP), esta terça-feira, dia 10 de maio, às 17 horas, no Auditório da Reitoria, no Plateau.

Considerando a necessidade de refletir sobre os estudos em língua portuguesa, especialmente no contexto de Cabo Verde, foi elaborada a proposta de cocriação da Cátedra, efetivamente formalizada pelo protocolo assinado no dia 17 de dezembro de 2014, no âmbito da III Cimeira Luso-Cabo-verdiana, que decorreu em Lisboa.

A CET-LP definiu quatro linhas principais de investigação, coordenadas pela Doutora Amália Lopes, pelo Doutor José Esteves Rei, pela Doutora Maria de Fátima Fernandes e pelo Doutor Daniel Medina.

-        Linha 1: Linguística Descritiva Sincrónica: Descrição do Português em Cabo Verde;

-        Linha 2: Ensino do Português como Língua Segunda, em Cabo Verde;

-        Linha 3: Leitura: Literatura em língua portuguesa e espaços físicos e sociais de leitura - a instituição literária em Cabo Verde;

-        Linha 4: Pragmática Linguística do Português e Língua Portuguesa na Comunicação Social, Empresarial Institucional.

Atendendo à missão da Cátedra, foram designados os seguintes objetivos gerais:

-        Desenvolver a investigação e a reflexão crítica na área dos estudos sobre o Português, com o estatuto de Língua Segunda (L2) e Língua Estrangeira (LE);

-        Aprovar, coordenar e apoiar projetos de investigação em Linguística, Literatura, Didática, Cultura dessa língua e domínios afins como a Comunicação nela expressa;

-        Dinamizar a formação contínua de professores de Português, a nível do Ensino Básico e do Ensino Secundário;

-        Promover a cooperação com outras instituições de investigação, nacionais e estrangeiras, nos campos específicos de estudo;

-        Apoiar projetos de licenciatura, mestrado ou doutoramento;

-        Prestar serviços de assessoria e consultoria à comunidade.

A sessão de inauguração das instalações da Cátedra decorrerá por ocasião das comemorações do Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP, na Cidade da Praia, e contará com a ilustre presença da Senhora Presidente do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, Professora Doutora Ana Paula Laborinho, da Magnífica Reitora da Uni-CV, Professora Doutora Judite Medina do Nascimento, e da Diretora da Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa, Professora Doutora Amália Melo Lopes. 

Eugénio Tavares

Pin It