montagem tereru di amizadi

Tereru di Amizadi é um espaço cultural dedicado aos estudantes, criado no dia 22 de novembro de 2014 na Universidade de Cabo Verde, no espaço do Campus do Palmarejo, junto à cantina.

A reunião no Tereru di Amizadi tem data marcada todas as quintas-feiras em que é realizada uma sessão de conversa com personalidades artísticas entre outras. A partir das 14:30 até ao pôr-do-sol, as actividades desenvolvem-se com muito convívio e música. Quem passar pelo espaço vai ouvir um os quatro momentos do Tereru di Amizadi:

SAMBUNA - que significa coral, com origem no batuque onde uns cantam e outros respondem em coro com declamação de poesias e músicas;

LENGA-LANGA- anedotas, adivinhas e estórias;

NOBRESA- é um dos pilares mais importantes do Tereru di Amizadi, já que é a altura em que convidamos personalidades africanas da sociedade cabo-verdiana para participar e partilhar com os seus conhecimentos sobre o continente africano.

COMBERSU SABI- o artista convidado fala sobre a sua vida e obra aos estudantes da Uni-CV, incentivando-os a participar ativamente na cultura cabo-verdiana.

Os encontros acabam sempre com um lanche de pratos tradicionais (Chá, kuz kuz e fidjos).

O nome Tereru di Amizadi surgiu do Batuque em que os intervenientes se sentavam à roda e cantam juntos num círculo de amizade. É um projecto que tem ganho cada vez mais a participação dos estudantes e de figuras da sociedade cabo-verdiana.  

Os estudantes Rumeu d´Lurdis e Edson Gomes, são os autores da ideia do espaço que tem vindo a crescer em termos de representação da presença estudantil. O projecto tem o intuito de criar um movimento cultural na Universidade de Cabo Verde.

Ao Tereru di Amizadi já foram convidados Nha Balila, Ceuzani, Kaká Barbosa, Abrão Vicente, Princezito, entre muitos outros. A promessa é de continuar a trazer muitos mais.

Para ler a notícia em inglês no Oceanpress

Pin It