Slider
Investigadora visitante do Projeto RESISTANCE em missão na Uni-CV

Investigadora visitante do Projeto RESISTANCE em missão na Uni-CV


Entre meados de fevereiro e meados de março do a…

Lista  Final dos Candidatos Selecionados nos Mestrados em Relações Internacionais e Diplomacia Económica, e Liderança e Políticas Públicas
Cursos de língua chinesa - inscrições abertas

Cursos de língua chinesa - inscrições abertas


O Instituto Confúcio na Universidade de …

Lista seriada de candidatos admitidos no curso de licenciatura - entradas horizontais

Lista seriada de candidatos admitidos no curso de licenciatura - entradas horizontais


A Faculdade de Educação e do Desporto da Universid…

Eventos mais Eventos


original imagem de fundo do Cartaz.jpg

2ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO POLO DA CÁTEDRA UNESCO

 Memória Histórica e Vida Social nos Espaços Urbano-Rurais Luso-Africanos Campus do Palmarejo/Cidade da Praia – 10/03/2020 das 08:30 às 14:30 ENQUADRAMENTO 

Memória enquanto aquilo que foi vivido e sempre lembrado pelos grupos viventes é vista pela história na sua complexidade, devido à riqueza dos seus elementos e, consequentemente, com pertinência para o conhecimento. A memória histórica presenta-se como um processo de apropriação de fatos que ocorrem de forma ativa e dinâmica, até mesmo interativa, considerando a vida social do sujeito. Com isso, parte de construções referenciais de passado e do presente, para se poder observar, neste contexto, as diferentes perspetivas e posicionamentos dos grupos sociais, nos mundos urbanos e rurais. Na relação entre os mundos rural e urbano nos espaços luso-africanos, procura-se entender, por um lado, as dinâmicas urbanas relacionadas, antes de tudo, com a organização do território para responder às demandas sociais. Por outro lado, referindo-se ao mundo rural, este estrutura-se em torno de atividades onde se ressaltam, entre outras, aquelas que têm a ver com as questões agrárias e toda uma normatividade que procura responder às conflitualidades que, geralmente, são variadas. A conferência envolverá entre outros, quatro investigadores ligados ao Projecto RESISTANCE, uma das quais estrangeira e vai analisar, em ambiente de interdisciplinaridade, as referenciadas realidades dos mundos rural e urbano em espaços luso-africanos, incluindo a forma como a paisagem rural se apresenta para refletir as dinâmicas históricas, harmonias ou incongruências entre as características naturais e as atividades quotidianas bem como as formas como se estruturaram os assentamentos humanos, sobretudo nos meios rurais. Possibilitará, igualmente, refletir as relações entre grupos sociais e panoramas citadinos, em grande medida, construídas à revelia dos necessários equilíbrios entre o homem e o meio ambiente. O evento, que sucede à Primeira Conferência Internacional realizada pela Cátedra UNESCO de História e Património, no ano passado na Cidade Velha, realizado este ano pela Uni-CV, através da FCSHA e da Cátedra UNESCO, permitirá uma discussão com o fim de se perceber até que ponto os desafios colocados no passado e nos tempos de hoje à vida social, nos mundos urbanos e rurais de espaços luso-africanos, têm respostas nos modos de vida, nas atitudes e comportamentos humanos em relação ao meio bem assim, nas políticas públicas. Será, igualmente, oportunidade para a apresentação de alguns resultados de pesquisa no âmbito do Projeto RESISTACE/Uni-CV. 

PÚBLICO-ALVO:

 

  • Comunidade académica da Uni-CV em geral, Professores de História no Ensino Secundário na Praia e interessados na matéria, estudantes, sobretudo os afetos à FCSHA.

 ORGANIZAÇÃO: membros da Cátedra UNESCO de História e Património e do Projeto RESISTANCE/Uni-CV



PosterCVIM2020.jpg